Edital para compra da alimentação escolar é publicado

Imprimir
AddThis Social Bookmark Button

Uma nova reunião para tratar sobre a compra de alimentação escolar da agricultura familiar aconteceu nesta terça-feira, 04, em Florianópolis. O problema desta vez é com o edital publicado pelo governo catarinense que, conforme o texto torna inviável a entrega dos produtos pelas famílias de agricultores em escolas da rede pública Estadual. 

O edital 13/2015 não atende as medidas já solicitadas em reuniões anteriores pelas cooperativas e pelos coordenadores da FETRAF-SUL/CUT em Santa Catarina. “O edital atenderá poucas escolas e a quantidade de alimentos é baixa. A entrega se torna inviável, pois, deve ser realizada ponto a ponto. Em alguns casos, o agricultor deve entregar cinco unidades de alface em uma escola”, disse o coordenador da Federação no Estado, Alexandre Bergamin.

Os participantes da reunião apresentaram propostas para ajustar o edital e torná-lo melhor e viável aos agricultores familiares que fornecerão os alimentos. A secretaria afirmou que incluirá no documento a flexibilização das exigências técnicas do produto que será entregue e a participação dos agricultores que possuírem inspeção municipal.

Para a elaboração de novos editais as entidades serão consultadas antes da publicação do documento.