Voce esta aqui: Notícias De olho na produtividade dos assentamentos do Estado

De olho na produtividade dos assentamentos do Estado

E-mail Imprimir PDF
AddThis Social Bookmark Button
O assessor especial para Assuntos Fundiários do Paraná, Hamilton Serighelli, e o superintendente regional do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) no Paraná, Nilton Bezerra Guedes, reuniram-se com lideranças do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) nesta semana. O secretário tomou conhecimento dos projetos em andamento, por meio de convênios e outros mecanismos de cooperação entre governo, as entidades sociais e outros organismos governamentais.
“Começamos a discutir os projetos em desenvolvimento e outras propostas que podem ser implementadas de imediato, a curto, médio ou longo prazo em parceria com o Incra e o MST”, disse Serighelli. “O governo vai ser parceiro de todos os projetos que gerem produção, por isso vamos analisar todos os convênios para ver o que será mantido e o que será ampliado, com participação de outras secretarias”.
Atualmente existem 319 assentamentos da reforma agrária no Paraná. O Incra apontou ainda a existência de 90 áreas com acampamentos que aguardam decisões da Justiça para assentar as famílias e que já existem terras para o assentamento. O Estado também tem 17 cooperativas de assentados que estão produzindo.


AE Notícias

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Joomlart