Voce esta aqui: Notícias Representantes dos Territórios catarinenses se reúnem em Chapecó

Representantes dos Territórios catarinenses se reúnem em Chapecó

E-mail Imprimir PDF
AddThis Social Bookmark Button
m_P1100123

Nesta quarta-feira, 12, os representantes dos chamados “territórios” de Santa Catarina se reuniram em Chapecó para participar de uma atividade que contou com a presença da diretora do Departamento de Ações de Desenvolvimento Territorial (SDT/MDA), Severine Macedo. A FETRAF-SUL/CUT no Estado e a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS)  também participaram do evento.

O MDA divide os Estados por territórios e através dos Núcleos de Extensão em Desenvolvimento Territorial (Nedets) organiza as demandas e ações para o rural brasileiro. O objetivo principal dos territórios é promover a inclusão social nas políticas públicas e melhorar a qualidade de vida através do desenvolvimento local.

Em Santa Catarina a UFFS comanda as atividades e a organização dos Nedets desde 2013 e segundo o vice-reitor, Antônio Inácio Andriolli, tem a função de reafirmar o conceito de território, promover a representatividade do governo Federal e auxiliar no planejamento do desenvolvimento com a visão de futuro. “A universidade pode contribuir para que o acesso às políticas públicas seja facilitado e, além disso, promove a pesquisa e capacita o público para que ele busque melhorias na sociedade”, salientou Andriolli. A UFFS tem expectativa de que as demandas apresentadas pelos territórios também se tornem fontes de pesquisa.

Severine Macedo ressaltou a importância dos Nedets e apontou que as capacitações para os Núcleos já iniciaram no país. “É necessário fortalecer os territórios e os movimentos sociais e entidades contribuem com este trabalho. Em alguns locais os territórios já estão estruturados e indicando suas necessidades”, disse Severine. A principal demanda elencada foi a comercialização através do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

A diretora Departamento de Ações de Desenvolvimento Territorial afirmou ainda que, apesar do país passar por um momento difícil e os recursos do MDA serem cortados, o recurso do Plano Safra aumentou, o que demonstra a preocupação do governo Federal em não prejudicar a agricultura familiar brasileira. “É momento de reconstruir a base, organizar e construir debates e manter o diálogo e a cobrança das entidades com o governo”, finalizou Severine.

A reunião segue até esta quinta-feira, 13, e acontece no Centro de treinamento de Chapecó (Cetrec), junto à Epagri.

m_P1100125

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Joomlart